Hostel é um tipo de hospedagem econômica que consiste no compartilhamento de espaços e quartos. Qualquer pessoa pode encarar um hostel sem problemas, mas ele é mais indicado para viajantes solteiros e jovens que passam o dia todo fora da hospedagem e procuram apenas um local para dormir ou descansar após um dia cheio de atividades.

Sempre fui adepta dos hostels porque adoro fazer amizades, conhecer gente nova e curtir uma experiência menos turística e mais imersa na cultura local. O hostel é ideal para quem viaja sozinho e está em busca de companhia para passeios, baladas e viagens. É um local possível de se fazer amigos para a vida toda. Portanto, vá de coração aberto!

Aqui, algumas dicas para aproveitar essa experiência ao máximo.

1 – Faça amizades

Quando procuro uma hospedagem dessa modalidade, além do preço ser um fator a ser levado em consideração, as amizades que eu fiz foram muito bacanas! Companhias para sair, curtir a noite, viajar para outro lugar e as famosas festas de hostel que fazem com que a gente se sinta até mais jovem. 😀

Além do mais, estar aberto a novas amizades amplia os horizontes no quesito cultura, língua, vivências e outras experiências fundamentais para os amantes da vida.

2 – Estar sempre pronta para o próximo programa

Lembra que a gente se sente mais jovem? Então, na maioria dos hostels que fui, a gente recebe uma programação animada do que vai acontecer na cidade. Então, é preciso estar sempre pronto para o próximo programa ou aventura. Pode ser alugar um carro com o pessoal do hostel, ou encarar uma baladinha na cidade. Enfim, as possibilidades são inúmeras.

Festa no hostel

Alguns hostels promovem suas próprias festas

3 – Ter cuidado com o espaço do outro

A questão do espaço compartilhado mete medo em muita gente. E não é por menos, muita gente é individualista mesmo.

E individualista não significa ser uma pessoa tímida, fechada, mas alguém que não consegue respeitar o espaço do outro. Aqui, alguns sintomas de quem não respeita o cantinho alheio (dica – não seja esta pessoa):

  • Sentar na cama de outra pessoa;
  • Colocar seus pertences na cama do outro;
  • Se empolgar demais em amassos no quarto compartilhado;
  • Deixar os pertences soltos pelo quarto;
  • Deixar o banheiro inundado;
  • Deixar lixo no chão ou em áreas comuns;
  • Não lavar a louça após comer.

Por esses e outros motivos, uma hospedagem compartilhada pode irritar muita gente. Para evitar esses comportamentos, você pode começar por si e, no mais, esperar que os outros façam o mesmo – o que nem sempre acontece. 🙁

Mas esses perrenguinhos não vão estragar a viagem não, relaxa! 😉

4 – Ser mais organizada

Quando a gente fica em hostel, naturalmente é preciso ser mais organizado. Sabe aquela cadeira de hotel que você joga as roupas em cima e lá deixa para a camareira limpar no dia seguinte? Esqueça! Para tornar o seu dia ainda mais prático, é bacana separar a roupa que irá usar no outro dia e já deixá­-la pronta, pendurada do lado da cama. As roupas de dormir você pode deixar na cama mesmo, para vestir assim que você chega no hostel. Assim você ganha tempo.

5 – Ser mais prática

Ainda sobre organização, eu aprendi a levar bem menos bagagem do que antes e ser mais prática com a troca de roupas. Isso me fez ganhar muito tempo na viagem e me ensinou que a praticidade cabe em qualquer circunstância do dia a dia.

Sabe aquela coisa do “menos é mais”? Nunca fez tanto sentido na vida.

6 – Tomar cuidado com os próprios pertences

Por ser um local compartilhado, a consciência e o cuidado com os próprios pertences e com os alheios é sempre muito importante. Via de regra, não mexa em nada que não é seu, mas também não deixe nada seu espalhado pelo hostel. Não estrague a sua viagem com uma câmera, perfume ou celular perdido (que eu já vi acontecer, infelizmente). Portanto, tranque suas stuffs direitinho e aproveite a viagem tranquilo e com segurança.

7 – Compartilhar o banheiro

Olha, essa é a pior parte de ficar em hostel. Mas não é tão tensa assim não. Dá­se um jeito para tudo. 😀

Então, ao entrar no banheiro, já entre com tudo o que você precisa usar com saquinhos para colocar os itens molhados e uma saboneteira (indispensável).

Outra dica é levar shampoo e condicionador em potinhos pequenos para não ocupar espaço. Ah, não demore no banheiro do hostel, afinal, tem muita gente querendo usar. E ao sair, deixe­-o como estava. É o mínimo de consideração com quem irá utilizá­-lo novamente.

8 – Cuidar da limpeza dos ambientes

Em hostel a regra é clara: sujou, lavou! Apesar de ter gente da limpeza à disposição na maior parte do tempo, é ideal que as pessoas contribuam também com a limpeza e o zelo dos espaços comuns.

Portanto, lixo é no lixo, louça na pia nem pensar e banheiro sempre limpo para quem vai usar depois. Com esses cuidados, o ambiente fica sempre agradável para todos.

7 dicas extras para quem vai utilizar hospedagem em hostel

  • Não leve muita bagagem;
  • Leve roupa de dormir;
  • Leve um par de havaianas para tomar banho;
  • Prefira sabonete líquido;
  • Leve o seu cadeado para trancar a mala;
  • Leve máscara de dormir;
  • Se der, compre um protetor auricular.

A máscara de dormir é ótima! Às vezes alguém chega tarde e liga a luz, mas você nem se afeta! 😀 Combinada com o protetor auricular, proporciona o sono dos deuses!

E aí, curtiu as minhas dicas sobre ficar em hostel? Tem mais algo a acrescentar? É só comentar aí embaixo que eu estou às ordens para responder. E lembrem­-se: aquela checadinha no TripAdvisor antes sempre cai bem, viu? 😀